Trilogia Wake – Lisa McMann

Sabe quando você vai fazer um bolo, segue minuciosamente aquela receita infalível da sua avó e acha que tem tudo para o doce sair delicioso; mas no fim algo dá errado e o bolo desanda catastroficamente? Pois então, foi exatamente isso que aconteceu com a trilogia Wake.

Imagem

Janie Hannagan possui uma maldição: sempre que há alguém dormindo perto dela, ela é sugada para dentro dos sonhos da pessoa e não tem nenhum controle sobre isso. As coisas ficam realmente ruins ou finalmente boas quando Janie fica presa nos pesadelos de Cabel Strumheller. E então, surpresa!, surge um romance avassalador entre os dois. Sinceramente, adorei o Cabel, me apaixonei por ele logo de cara e acho que se não fosse por esse cara o bolo teria desandado antes de ir pro forno. Cabel tem um jeito de garoto solitário, um pouquinho carente e bad boy ao mesmo tempo; também carrega um passado perturbador, o que o torna misterioso, e como se isso tudo já não bastasse ainda consegue ser romântico sem exagerar na melosidade. Ou seja, ganhou um lugarzinho na minha lista de personagens favoritos. Janie também agradou, pois não é tão genérica; ao invés disso ela é bem forte, independente, fala o que bem entende, não fica se desvalorizando em frente ao espelho e não age como se todos devessem ter pena dela (apesar de eu ter me compadecido de sua situação algumas vezes).

A autora, Lisa McMann, começou bem! Tanto que agarrei o primeiro livro quando já estava indo dormir (minha intenção era só dar umas folheadinhas para ajudar o sono a vir) e não consegui mais largá-lo, li freneticamente madrugada adentro e só parei quando cheguei no “Ainda acordado? Tem mais! Fade, o segundo livro da trilogia Wake.” Pois é, eu sou meio viciadinha assim mesmo. Enfim, no dia seguinte, quando fui dar a tal espiadinha no segundo volume… resolvi que era mais lucro recuperar o sono perdido. Quer dizer, Wake termina em um momento ótimo, deixando aquele gostinho de quero mais e prometendo melhorar na sequência. Só que não melhora! Toda aquela emoção e adrenalina que o enredo tinha calibre para proporcionar acabam ali. Os dois livros seguintes são uma repetição do primeiro, por isso tornam-se maçantes. Pra ter uma noção, levei umas três horas para ler Wake e quase três semanas pra terminar os últimos.

A narrativa em si também deixa bastante a desejar, além de tudo é em terceira pessoa, mas com paciência e muita fé no coração consegui me acostumar. Outra coisa que McMann fez foi dividir o livro inteiro em datas e horários, isso até foi diferente, teve seus prós e contras. O ponto positivo eu senti na pele: dividindo dessa forma, as cenas ficam bem curtinhas, de modo que quando você já esta planejando largar a leitura, pensa: “não, vou terminar só mais essa partezinha e depois paro”. Então pra você que trabalha ou estuda de manhã: cuidado. Muito cuidado, camarada. Já o ponto negativo é que muitas vezes ela usa essa divisão mais do que o necessário (de minuto em minuto, por exemplo) e isso ficou bem irritante. E tem mais, parece que McMann resolve meter um novo horário por não saber como concluir a cena! Ao invés de tecer um final, ela simplesmente corta tudo e começa outra vez. Com isso, a gente acaba ficando a ver navios diversas vezes.

Sem querer dar spoiler nem nada, mas o que menos gostei no livro (além da falta de ação, é claro) foi o final, a solução para os problemas é… que os problemas não tem solução! A autora até tentou dar uma ludibriada nos leitores ali no fim, uma sugestão de que tudo acabaria bem, mas não sei não, hein. Acho que poderia ter feito um trabalho melhor. Então minha conclusão é de que apesar de Cabel Strumheller ter conquistado seu lugar permanente no meu coração, a trilogia Wake em si não obteve o mesmo sucesso. Eu gostei, mas não foi aquilo tudo.

A boa noticia: A trilogia vai ganhar uma adaptação cinematográfica! A má noticia: Miley Cyrus foi escalada para o papel principal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s