Resenha: O Doador de Memórias – Lois Lowry

doador

Na sociedade do futuro nada jamais é inesperado, cada etapa da vida já foi pré-estabelecida para que não aja inconvenientes. Um mundo sem cor; onde pessoas não sentem e não tem emoções. Onde doenças já não existem mais, nem a dor, tristeza ou raiva… assim como não existe prazer, felicidade genuína, compaixão ou amor.

As pessoas são como máquinas sem qualquer espontaneidade. O que fazer, o que vestir, como agir… nada é escolhido por elas. Quando atingem certa idade, descobrem qual profissão irão exercer dali em diante; mais tarde recebem um conjugue, e depois um casal de filhos lhes é designado. E assim, geração após geração, vão sobrevivendo desta maneira, sempre nessa mesmice. Ainda que quisessem mudar, não poderiam, pois não tem conhecimento de nenhuma outra forma de vida além dessa; não lembram de como foi antes, pois pra elas o “antes” não existe. O passado não existe. As memórias não existem.

A única pessoa que sabe a respeito disso é um senhor solitário, ao qual chamam de Recebedor, pois guarda dentro de si toda a sabedoria e o conhecimento sobre este passado que as pessoas desconhecem. Este cargo já o pertence há muito tempo. Mas agora, com a velhice chegando, ele já não tem forças para continuar carregando esse fardo sozinho; por isso precisa escolher um novo Recebedor.

Jonas é um garoto de 12 anos, que assim como todos os outros tem sua vida guiada e seus sentimentos e emoções apagados com pílulas que foi ensinado a tomar diariamente. Ele tem um melhor amigo, Asher, e uma menina (eu diria “por quem é apaixonado” se as situações fossem diferentes, mas como não são…) de quem gosta. Não há nenhuma diferença entre ele e qualquer outro jovem de sua idade, exceto pelo fato de que, às vezes, por um milésimo se segundo, Jonas enxerga cores. Mas sua vida inteira muda no dia da Cerimônia de Atribuição, quando é escolhido como sucessor do Recebedor de Memórias.

A partir daí, Jonas começa a se encontrar com ele, e todos os dias o velho lhe doa memórias. O garoto passa a enxergar o mundo de um jeito que nunca havia visto antes, a ouvir, a ver e a sentir coisas que jamais imaginou. E descobre que antigamente existiu um mundo completamente diferente daquele no qual foi criado. Um mundo com guerra, violência e destruição, com mortes, dores e sofrimento; mas onde também houve coisas bonitas, onde as pessoas sentiam alegria verdadeira, onde tomavam suas próprias decisões, sentiam prazer e sabiam o que era amar. O garoto começa a avaliar essas descobertas e se perguntar qual dos dois mundos é o melhor, este adaptado e bem mais evoluído no qual vive ou aquele arcaico que as pessoas optaram por esquecer. E quando ele finalmente chega a uma conclusão, precisa ter cuidado, pois qualquer atitude que tomar pode interferir na vida da sociedade inteira e mudar tudo.

Bem escrito, intenso e infelizmente com poucas páginas, O Doador de Memórias fala sobre um mundo completamente novo e sobre um garoto que, ao libertar sua mente do controle que exerciam sobre ela, começa a questionar este mundo ao qual pertence. E junto com ele, nós, leitores, também somos induzidos a pensar sobre isso. É um livro mais mental do que físico; não tem tanta ação quanto Divergente, por exemplo, mas questiona e explora a mente de um jeito profundo… gostei bastante disso.

Jonas é um protagonista fantástico, me ganhou logo de cara. Tem algo nele, não sei se é a idade, o fato dele ser inteligente mesmo enquanto ainda era controlado, a inocência ou a ingenuidade que apresenta no inicio… mas algo me fez o aceitar muito bem.

O livro é uma distopia (como tantos outros que estão bombando agora), mas não é recente, apenas a sua fama é. E isso torna tudo ainda mais interessante. Então, pra quem curte esse tipo de literatura, O Doador de Memórias é uma ótima pedida. Recomendo sem medo ou restrições 🙂

Conheça “The Queen of the Tearling”, livro que terá adaptação com Emma Watson

emma4

O jornal britânico, Daily Mail, publicou uma matéria falando a respeito do envolvimento de Emma Watson na adaptação cinematográfica do livro “The Queen of the Tearling“, primeiro volume de uma trilogia distópica/fantástica homônima.

O filme poderia começar a ser gravado já no próximo ano, no entanto, pode levar um tempo até que se encontre um diretor alinhado com o projeto e disponível ao mesmo tempo em que Emma.

The Queen of the Tearling é escrito por Erika Johansen e será publicado nos Estados Unidos e na Inglaterra neste mês de julho. No Brasil, a previsão de lançamento está para 2015.

A trilogia é definida três séculos no futuro, em um mundo marcado por uma grande catástrofe ambiental e onde somente uma pequena porção de raça humana sobreviveu, povoando um misterioso território emergido. Nesse pano de fundo, Kelsea Glynn (Watson), uma princesa idealista, deve recuperar o trono de sua falecida mãe e resgatar seu reino, Tearling, das forças corruptas da tirana feiticeira Rainha Vermelha, que comanda o país vizinho, Mortmesne.

Confira a capa e a sinopse traduzida de The Queen of the Tearling:

The-Queen-of-the-Tearling

Eu seu aniversário de dezenove anos, a princesa Kelsea Raleigh Glynn sai de seu exílio para embarcar em uma perigosa viagem de volta ao castelo onde nasceu, a fim de assumir seu lugar de direito no trono. Simples e séria, uma menina que adora livros e aprender, Kelsea tem pouca semelhança com sua mãe, a frívola Rainha Elyssa. Mas, muito embora Kelsa possa ser inexperiente, ela não é indefesa: em seu pescoço pende a safira Tearling, uma joia de imenso poder mágico; e quem a acompanha é a Guarda da Rainha, um grupo de bravos cavaleiros liderados pelo enigmático e dedicado Lazarus. Kelsea vai precisar de todos eles para sobreviver a uma conspiração de inimigos que utilizarão todas as armas para impedi-la de usar sua coroa.

Apesar do sangue real que corre em suas veias, Kelsea não se sente como nada além de uma menina insegura, uma criança chamada para comandar um povo e um reino sobre os quais pouco conhece. Mas o que ela descobre na capital vai mudar tudo, confrontando-a com horrores que ela nunca imaginou serem possíveis de existir. Um ato de ousadia singular jogará o reino de Kelsea em um tumulto, desencadeando a vingança da governante tirânica do reino vizinho, Mortmesne: a Rainha Vermelha, uma feiticeira que possui a magia mais obscura existente. Agora Kelsea vai começar a descobrir em quem, entre os servos, os aristocratas e sua própria guarda, ela pode confiar.

Mas a missão para salvar seu reino e cumprir seu destino está apenas começando — uma viagem maravilhosa de auto-descoberta e uma prova de fogo que irá torná-la uma lenda… se ela sobreviver.

Virou filme! (os mais esperados de 2014)

E finalmente: as adaptações mais esperadas (por mim) de todos os tempos…

A Culpa é das Estrelas (13 de junho)ImagemGrande sucesso de vendas, o livro A Culpa é das Estrelas traz a emocionante história de uma adolescente vítima de câncer, que sobrevive graças a drogas experimentais. Quando vai a um grupo de apoio para jovens doentes, ela conhece Gus e se apaixona. A versão cinematográfica é estrelada por Shailene Woodley (a nova queridinha de Hollywood) e Ansel Elgort e tem direção do jovem cineasta Josh Boone (do ainda inédito Ligados pelo Amor).

John Green, John Green, John Green! ❤

Malévola (30 de maio)ImagemParece que dessa vez o grande clássico dos Irmãos Grimm vai ganhar uma adaptação a altura, com o filme Malévola. Esta nova versão do conto da Bela Adormecida concentra-se na história da vilã Malévola, contando os fatos de sua vida que fizeram dela uma mulher amargurada e vingativa, capaz de amaldiçoar a jovem Aurora.

Jogos Vorazes – A Esperança: Parte 1 (14 de novembro)ImagemDepois do grande sucesso de Em Chamas, maior sucesso dos cinemas em 2013, o último livro foi dividido em duas partes. Jogos Vorazes – A Esperança: Parte 1 começa a mostrar como Katniss (Jennifer Lawrence) torna-se o símbolo principal da revolução em Panem, após os acontecimentos inesperados no fim dos últimos jogos. Peeta e Gale disputam o coração da heroína enquanto os conflitos tomam conta da nação.

~aguenta coração~

Divergente (18 de abril)ImagemCandidato a conquistar os mesmos fãs da franquia Jogos Vorazes, Divergente (adaptado do livro de Veronica Roth) também traz uma heroína jovem e corajosa que luta contra o governo de um país autoritário, enquanto experimenta o primeiro amor. A história mostra o momento em que os jovens devem escolher em qual facção vão seguir as suas vidas, mas Tris não se encaixa em uma categoria única, representando portanto um perigo ao sistema. Shailene Woodley interpreta a protagonista – 2014 é O Ano dessa atriz. Kate WinsletTheo James e Miles Teller completam o elenco.

A Menina que Roubava Livros (31 de janeiro)ImagemAdaptada do livro de Markus Zusak, A Menina que Roubava Livros conta a história da jovem Liesel Meminger (Shophie Nélisse), que atravessa as dificuldades da Segunda Guerra Mundial enquanto descobre os prazeres da literatura. Com a ajuda da família, Liesel esconde um homem judeu (Bem Schnetzer) em sua casa. Geoffrey Rush  Emily Watson interpretam os pais da garota. (…) Gente, o filme é muuuuito bom e já foi lançado; então corre lá pra assistir.

Um Conto do Destino (21 de fevereiro)ImagemO livro Um Conto do Destino, de Mark Helprin, traz a história fantástica de um pobre mecânico e assaltant (Colin Farrell), que se apaixona pela moradora de uma casa que pretende assaltar. Quando descobre que esta mulher (Jessica Brown Findlay) está prestes a morrer, o amor é tão forte que eles fazem o possível para acontecer um milagre… Talvez até parar o tempo. A direção é de Akiva Goldsman, diretor da série Fringe.

Noé (4 de abril)ImagemEm 2014, pelo menos três filmes são adaptados da Bíblia: Noé, dirigido por Darren Aronofsky, Exodus, de Ridley Scott, e Son of God, adaptação da série de televisão de mesmo nome. A maior produção, sem dúvida, é Noé, que gastou mais de US$100 milhões para criar uma imagem assustadora do dilúvio. O diretor inclusive criou uma versão em quadrinhos da história antes de dirigir o filme… Russell Crowe interpreta o homem que recebe a mensagem de Deus para construir a arca com os animais. Mas pra mim as grandes estrelas mesmo são Emma Watson e Logan Lerman!!

12 Anos de Escravidão (12 de fevereiro)ImagemEsta história, baseada em fatos reais, apresenta Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor), um escravo liberto que é sequestrado em 1841 e forçado por um proprietário de escravos (Michael Fassbender) a trabalhar em uma plantação na região de Louisiana, nos Estados Unidos. Ele é resgatado apenas doze anos mais tarde, por um advogado (Brad Pitt). **Ganhador do Oscar de melhor filme (merecidamente!).

Vampire Academy – O Beijo das Sombras (era para ser lançado dia 14 de março…)ImagemA trama criada pela escritora Richelle Mead se passa na escola para vampiros São Vladimir, onde as amigas Rose (Zoey Deutch) e Lissa (Lucy Fry) devem se proteger dos perigos ao redor. O LIVRO é fabuloso, já o filme não me deu grandes expectativas; ficou meio “Meninas Malvadas – versão ruim”. Sério, o marketing inteiro foi horrível, eu não sentiria vontade de olhar se não tivesse lido os livros. E foi por causa disso tudo que o lançamento do filme foi cancelado no Brasil. Os fãs da série até estão tentando convencer o pessoal da distribuidora a voltar atrás, mas por enquanto quem quiser assistir vai ter que esperar a versão que deve sair direto em Blu-ray e DVD. 
“Eles dão o sangue na escola”… sério? Por favor, né.

Virou filme!

Algumas das adaptações que chegam aos cinemas em 2014…Imagem

 

Serena (11 de abril)
Imagem

Jennifer Lawrence e Bradley Cooper atuam juntos novamente!George Pemberton (Bradley Cooper) e Serena Pemberton (Jennifer Lawrence) são um jovem casal, que decide partir de Boston à Carolina do Norte em 1929, no intuito de construir um império no ramo da madeira. Quando Serena descobre que não pode ter filhos, ela começa a manifestar sentimentos de vingança contra a mulher com quem George teve um filho ilegítimo antes de se casar. Suspeitando que George protege esta outra família, a intensa união entre ele e Serena começar a se destruir. A direção é de Susanne Bier (Em um Mundo Melhor).

Refém da Paixão/Fim de Verão (14 de março)Imagem

Em “Fim de Verão”, Joyce Maynard conta a história de uma mãe divorciada, antiga dançarina, que leva uma vida triste ao lado do filho. Esta rotina é alterada pela chegada de um homem ferido, que pede ajuda aos dois. Logo eles descobrem que se trata de um assassino, mas contra todas as expectativas, nasce uma história de amor…Refém da Paixão traz os talentosos Kate Winslet e Josh Brolin nos papéis principais, com a direção de Jason Reitman (JunoAmor Sem Escalas), que disse ter se inspirado dos grandes romances da história do cinema, como As Pontes de Madison, para a construção deste filme.

O Grande Herói/O Único Sobrevivente (21 de março)Imagem

“O Único Sobrevivente” é uma biografia de Marcus Luttrell, um soldado treinado na elite do exército americano, e enviado ao Afeganistão para caçar terroristas. Após anos de combate, todos os seus companheiros morrem. Com o título brasileiro O Grande Herói, o filme conta com Mark Wahlberg no papel do protagonista. O filme ainda está em cartaz nos Estados Unidos, onde tem conquistado um grande sucesso de público, com quase US$100 milhões arrecadados. Também está indicado ao Oscar de melhor edição de som e mixagem de som.

O Vendedor de Passados (9 de maio)Imagem

O livro O Vendedor de Passados, do angolano José Eduardo Agualusa, conta a inusitada história de Félix Ventura, homem cuja profissão é falsificar árvores genealógicas para homens ricos com passados ruins. Até o dia em que um estrangeiro lhe pede para fabricar uma identidade de seu país. Adaptado à realidade brasileira, esta trama coloca Lázaro Ramos no papel principal, e Alinne Moraes como a misteriosa mulher que ele conhece.

Grandes Esperanças (sem data definida)Imagem

O clássico da literatura Grandes Esperanças, escrito no século XIX por Charles Dickens, ganhou uma nova adaptação cinematográfica do diretor Mike Newell (Harry Potter e o Cálice de Fogo). A história apresenta Pip (Jeremy Irvine), jovem de origem humilde, que descobre ter herdado uma fortuna. A partir deste momento, ele rejeita a sua família e tenta conquistar a filha de uma mulher rica, Miss Havisham (Helena Bonham Carter). Esta trama sobre moral e arrependimento foi indicada ao prêmio BAFTA de melhor figurino.

Carol (sem data definida)Imagem

Escrito por Patricia Highsmith, autora de O Talentoso Ripley, o drama Carol traz a história da balconista de uma loja de brinquedos Therese Belivet (Rooney Mara), que se apaixona por uma cliente, a elegante Carol Aird (Cate Blanchett). As duas tentam manter o romance escondido enquanto viajam pelos Estados Unidos, mas logo percebem que um detetive está investigando seus passos. A direção é de Todd Haynes (Longe do Paraíso, Não Estou Lá).

Caçadores de Obras-Primas (14 de fevereiro)Imagem

Com direção de George Clooney, Caçadores de Obras-Primas é uma adaptação do livro de mesmo nome, escrito por Robert M. Edsel. A trama inusitada mostra um grupo de curadores de arte e funcionários de museus que, apesar de não terem nenhuma experiência no campo de batalha, arriscam as suas vidas para preservar obras de arte da destruição dos nazistas. O grande elenco inclui Matt Damon, John Goodman, Bill Murray e Cate Blanchett, além do próprio George Clooney.

Philomena (14 de fevereiro)Imagem

“Philomena – Uma Mãe, Seu Filho e Uma Busca que Durou Cinquenta Anos” é o título do livro de Martin Sixmith, que traz a história real de uma mãe obrigada a dar o seu filho à adoção durante a adolescência. Pelo resto de sua vida, no entanto, ela não para de procurá-lo. Entre drama e comédia, Philomena é interpretada por Judi Dench, enquanto Steve Coogan dá vida ao jornalista que a ajuda na busca. O filme caiu nas graças da Academia americana, e está indicado ao Oscar de melhor filme, atriz, roteiro adaptado e trilha sonora.

O Hobbit: Lá e de Volta Outra Vez (19 de dezembro)Imagem

Após o bem-sucedido O Hobbit: A Desolação de Smaug, o filme O Hobbit: Lá e de Volta Outra Vez marca o final da trilogia de Peter Jackson, adaptada do livro “O Hobbit”, escrito por J.R.R. Tolkien. Desta vez, após encontrar o dragão Smaug, Bilbo Bolseiro (Martin Freeman) e seus companheiros de viagem devem conquistar o tesouro, e enfrentar novos desafios no caminho para casa.

O Homem Mais Procurado (20 de junho)Imagem

O vencedor do prêmio Nobel de literatura John Le Carré construiu em O Homem Mais Procurado uma história com referência aos atentados de 11 de setembro. Logo após a tragédia, um muçulmano tenta se esconder na cidade de Hamburgo, em meio a um clima de xenofobia e paranoia. Ele conta com a ajuda de um banqueiro corrupto e de uma jovem alemã para escapar às suspeitas de terrorismo. O grande elenco inclui Philip Seymour Hoffman,Daniel Brühl e Robin Wright, e a direção é de Anton Corbijn (Um Homem Misterioso).

Philip Seymour Hoffman :’/

The Maze Runner: Correr ou Morrer (19 de setembro)Imagem

Baseado no livro “Maze Runner – Correr ou Morrer”, de James Dashner, a aventura pós-apocalíptica The Maze Runner mostra um grupo de jovens que acordam dentro de um gigantesco labirinto de pedras, sem saber como foram parar no local. Juntos, eles devem enfrentar diversos perigos para encontrar a saída. Thomas (Dylan O’Brien) é o protagonista desta história, e Kaya Scodelario interpreta a primeira garota a integrar o grupo, com uma mensagem importante a todos…

* Ouvi falar muuuuito bem do livro, está na minha lista de leituras.

Marcadores “Os Instrumentos Mortais”

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Quem não ama marcadores, não é?

Mas, infelizmente, às vezes é difícil encontrá-los por ai. Pensando nisso, a Galera Record criou o “Dia do Marcador, onde postam imagens incríveis (como as dos cinco marcadores acima) para que nós possamos tê-los também. E, quem sabe, ate começar uma coleção 😉

~fazendo propaganda da editora~ Acho que eles deveriam me incluir na lista de pagamento; só to dizendo.

Olha que linda a capa de “The One”!

Imagem
Kiera Cass revelou a capa do último volume da trilogia A Seleção. Aqui no Brasil, o título foi traduzido como “A Escolhida”. O lançamento será simultâneo com o dos EUA, 6 de Maio de 2014. A questão é: Como segurar o coração até lá!?

Todas as capas da série são maravilhosas, mas essa realmente superou todas as expectativas. Achei incrível, de verdade. E porque branco? Com tantas cores, tantas opções… porque logo essa? Será que é o vestido de noiva??? :’D

Imagem

Imagem

A revolução dos óculos de grau

Imagem

Já se foi o tempo em que usar óculos de grau era quase um fardo insuportável, que além de arruinar o visual, ainda rotulava as pessoas como “nerds ou antiquadas”. Agora, ao invés de temidas, as modernas armações tornaram-se uma tendência da moda, tão apreciadas quanto bolsas ou sapatos glamourosos. Aqueles modelos simples e discretos deram lugar a óculos com armações grossas e cada vez mais trabalhadas. Não é por menos que até mesmo o termo geek ganhou um novo “significado”.

Esta semana decidi dar uma merecida folga para as lentes de contato e assumir de vez meu lado míope. A partir daí minha vida se transformou em um passeio turístico pelas óticas da cidade, e como se todas as opções que encontrei no caminho já não bastassem, ainda comecei a colecionar fotos – várias, várias fotos – de diversos modelos diferentes. E pra mostrar um pouquinho dos acessórios que mais me fascinaram, fiz uma montagem tosca de famosas e seus óculos estilosos. Quem sabe mais alguém se inspire.

Imagem

Eai, alguma dessas armações encantou seu coração? As minhas preferidas são as que as das atrizes Emma Watson e Anne Hathaway estão usando. E a sua favorita, qual é…?